sexta-feira, 21 de novembro de 2014

ENTENDENDO A RELAÇÃO INTERPESSOAL PROFESSOR E ALUNO


Einstein dizia: “A arte mais importante do mestre é a de fazer brotar a alegria no estudo e no conhecimento...O professor só pode esperar atingir o seu público na medida em que ele próprio é atingido por esse publico; na medida em que o percebe enquanto desejo e se sente enriquecido por ele.”  A prática social do ensino coloca professores e  alunos num complexo sistema onde há conflitos de valores, que exige posturas éticas e políticas. Sendo a sala de aula um espaço de relações interpessoais, ocorrem na mesma, uma ampla gama de fenômenos psicológicos.  São muitas as mudanças ocorridas na sociedade no que diz respeito às relações interpessoais e a docência não deve deixar de considerar tais mudanças, por isso, ser professor  requer mais que saberes e conhecimentos científicos, pedagógicos, educacionais, exige sensibilidade, indagação teórica e criatividade para encarar as situações ambíguas, incertas e conflituosas.
 Para ser um professor, que atenda às novas exigências da docência exige-se: a  habilidade em comunicar-se, de modo a  motivar, aumentar o prazer e o aprendizado com autonomia; promover relacionamentos e emoções positivas, ressaltando a individualidade e a capacidade criativa individual. Portanto para ser este professor, pressupõe-se que haja: 
 - Relações interpessoais positivas com os alunos; 
- Solicitação de feedback dos alunos;
- Liderança indireta em relação aos alunos, ressaltando suas individualidades.
  
  A dimensão cognitiva da relação professor e aluno se traduz   nos  aspectos intelectuais, técnico-didáticos, que favorecem o contato do aluno com o conhecimento em potencial. Já a dimensão de relacionamento descreve  a forma como o professor administra dificuldades   no que mensura o conhecimento, a metamorfose do que é aprendido  em habilidade e competência.
 Dentro das relações interpessoais, o professor precisa aprender a:
  - Perceber as particularidades dos seus alunos, em meio ao todo;
  - Enfrentar as situações em sala de aula, as diversidades, sem preconceitos conceitos de natureza pessoal, demonstrando estabilidade emocional;
  - Assumir uma postura de liderança, sem autoritarismo;
  - Desenvolver a inteligência interpessoal;
  - Aprender a lidar com o outro em situações de conflitos;
- Ter uma postura ética, respeito e valorização do ser humano.
 As atitudes do professor são passadas  inicialmente nas relações vivenciadas em sala de aula; seja na relação entre professor e aluno ou na relação aluno com aluno. Por ser do   professor o suposto papel de liderança, torna-se logo responsável pelo clima vivenciado no ambiente.

O professor é, logo  instigado  a vencer suas limitações na relações interpessoais e fazer a diferença  positivamente na vida dos seus alunos e na sua própria vida.

             FONTE  : PESQUISAS 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Mel e vinagre de maçã para acabar com a insônia de forma natural

insônia acontece quando, por algum motivo, os padrões naturais do sono são alterados. Isso causa a dificuldade de conciliar o sono de forma correta ou a não permanecer dormindo o suficiente para sentir-se descansado, relaxado e revitalizado no dia seguinte.
As pessoas que sofrem de transtornos do sono, como é o caso da insônia, muitas vezes procuram desesperadas por uma solução, medicamentos, tratamentos, e lamentavelmente nessa busca costumam recorrer a medicamentos que possuem efeitos colaterais desagradáveis. Porém, existem tratamentos naturais eficazes para a insônia e sem efeitos colaterais indesejados que aparecem em certos fármacos.

Como você descansa a noite?


Quem sofre de insônia normalmente experimenta durante o dia sintomas como cansaço, fatiga mental, incapacidade para concentrar-se e falta de energia. É importante saber que “o acordar várias vezes durante a noite” também é considerado insônia.
São duas as classes de insônia: aguda e crônica. A primeira é pontual, dura pouco e normalmente vem motivada por uma situação particular, como estresse e/ou ansiedade. A segunda permanece durante o tempo, é repetitiva, e nos alarma a outro tipo de problema mais grave.
Os remédios “da vovó”, que são utilizados já há centenas de anos são perfeitos e não possuem nenhuma contraindicação. Mostraremos, agora, quais são os mais interessantes!

Mel, um aliado para o sono


Desde sempre o mel é utilizado para solucionar problemas de transtornos do sono. Os chineses já o utilizavam na antiguidade. O que acontece é que o mel tem alguns componentes que ajudam e favorecem o sono de forma natural. Segundo estudos realizados, seu teor de Ômega 3 ajuda a reduzir o cansaço e a fadiga.
Muitas vezes, comentamos: “Estou tão cansado que sou incapaz de dormir”. Por isso é tão importante o estado de relaxamento antes de dormir.
Os açúcares contidos no mel sobem de forma natural e saudável nossos níveis de insulina e produzem serotonina, que é o hormônio que melhora o humor e nos relaxa. Está claro que se estamos relaxados e felizes o sono chega rapidamente e se mantém ao longo da noite.

Vinagre de maçã contra insônia


Os primeiros a descobrirem as propriedades do vinagre de maçã foram os gregos, que o utilizavam também como antibiótico natural e desinfetante.
O vinagre de maçã libera triptofano, uma substância que pode ser transformada em serotonina e que favorece o estado físico em geral, além de evitar que nos sintamos tão cansados a ponto de não conseguirmos conciliar cansaço e sono.

Uma bebida sedativa natural


Se combinarmos os dois ingredientes que acabamos de mencionar, sem dúvidas, obteremos uma bebida com propriedades relaxantes e o mais importante, de origem natural.
O preparo é muito simples, prepare seu chá ou infusão com a erva preferida (de preferência que seja camomila, maracujá, valeriana, etc.) e adicione umas colheres de vinagre de maçã e mel, misture bem e desfrute desse maravilhoso remédio relaxante.
Agora sim, vamos descansar!

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Oito mitos sobre sexo que podem atrapalhar o seu relacionamento


Ninguém quer admitir que está fazendo sexo errado. Quando chegamos à adolescência geralmente queremos provar que já sabemos tudo sobre o assunto, mas a verdade é que mesmo na fase adulta ainda não temos nenhuma pista, e continuamos cheios de dúvidas sobre como o sexo realmente funciona. Depois, carregamos esses mistérios não revelados para nossos casamentos e, por conta disso, sem dúvidas construímos relações que não incluem sexo ou que incluem sexo, mas do pior tipo.

De acordo com o livro: “Don’t Put That in There! And 69 Other Sex Myths Debunked”, de Aaron E. Carroll e Dr. Rachel C. Vreeman, existem muitos mitos e histórias mau contadas a respeito do sexo. Mesmo que você ache que sabe tudo sobre isso, você com certeza será surpreendido (a)…ou ao menos ficará curioso (a). Veja oito mitos sobre o sexo que podem estar arruinando o seu casamento — ou simplesmente amortecendo as coisas na cama — e descubra quantos deles você já sabia.

1) Fazer sexo quando está menstruada não engravida
É muito menos provável que você engravide ao transar menstruada, porém ainda assim é possível. O óvulo de uma mulher e o esperma de um homem podem viver durante vários dias no ambiente aconchegante do útero.

2) Sexo pode causar ataque cardíaco 
Todos nós já ouvimos as histórias do vovô que ficou muito animado durante o ato sexual e morreu de ataque cardíaco. Mas Carroll e Vreeman analisaram uma pesquisa que revela que mesmo se você fumar ou tiver diabetes, ainda assim há apenas uma chance em um milhão de você ter um ataque cardíaco durante o sexo. Na realidade, o sexo é bom para a saúde cardiovascular. Outro estudo mostrou que homens que fazem sexo duas vezes por semana ou mais têm um risco menor de desenvolver doença cardiovascular.

3) Pessoas casadas não se masturbam 
Supostamente, se você é casado você não tem que se masturbar porque pode fazer sexo quando quiser, certo? Errado! As pessoas que vivem com um parceiro sexual, na verdade, se masturbam mais que as solteiras. Mas isso não quer dizer que suas vidas sexuais estejam mortas — até porque pessoas casadas fazem mais sexo e com mais qualidade.

“O mito de que as pessoas casadas não se masturbam é completamente errado!”, informa a especialista em estilo de vida sexual, Dana B. Myers. “Para as mães ocupadas, é muito importante gastar um tempo se masturbando para aliviar o estresse e continuar aprendendo sobre o que gostam”.

4) Há uma diferença de dez anos entre o pico sexual de cada gênero 
Supostamente, os homens atingem seu pico sexual aos vinte e poucos, enquanto as mulheres atingem na meia-idade — mas a verdade é que homens e mulheres passam por altos e baixos ao longo de suas vidas. “O desejo sexual oscila constantemente e está relacionado a muitos, mas muitos outros fatores além da idade”, revelam Aaron e Rachel.

5) É apenas uma questão de tempo para um homem trair sua mulher
Em primeiro lugar, trair não é inevitável. Em segundo lugar, a idade não é um fator. Tanto homens como mulheres são mais propensos a trair quando estão infelizes em seus relacionamentos e/ou quando são sexualmente incompatíveis.

6) Transar de meia é brochante 
Pelo que dizem por aí transar de meia nos pés é brochante. Mas estudos mostram que casais que usavam meias ao ter relações sexuais eram mais propensos a atingir o orgasmo do que as pessoas que não as usavam. Resumindo: “O melhor sexo acontece quando você está confortável”, revelam as especialistas em seu livro.

7) No fundo, as mulheres não querem sexo 
As pessoas vêm dizendo há anos que os impulsos sexuais dos homens são mais fortes que os das mulheres. Bem, a pesquisa mais recente mostra que isso está simplesmente errado. É que muitas vezes as mulheres querem sexo de formas diferentes — e temos sido culturalmente tendenciosos contra ver as mulheres como seres sexuais. “Quando se trata da biologia do corpo, muitas pesquisas sugerem que as mulheres também são feitas para ter muito desejo sexual”.

8) Mãos e pés grandes significam pênis grande
Não. Enquanto os mesmos genes parecem estar envolvidos no crescimento das genitálias, dos dedos das mãos, e dos dedos dos pés, “não há evidências de que os homens com pés grandes têm pênis maiores”. Você realmente não pode presumir que o tamanho do pênis de um cara é grande ou pequeno só de olhar para as mãos dele. 

FONTE : YAHOO

domingo, 14 de setembro de 2014

COMO TRATAR MANCHAS ROXAS NO CORPO

Uma mancha roxa ou um hematoma é uma contusão ou golpe que produz um coágulo de sangue que marca a pele, devido a esse impacto. Pode ser muito dolorido quando os vasos sanguíneos se lesionam. O termo médico é “contusão” e também podem se desenvolver na musculatura ou na região óssea. Conheça quais são os remédios caseiros mais eficazes para tratar tais hematomas.

Características das “

  • Aplicar imediatamente um bife de carne vermelha sobre o local onde se sofreu o impacto, para aliviar a dor e, ao mesmo tempo, reduzir a possibilidade de formar um hematoma.
  • Elaborar uma pasta com um pouco de manteiga e salsinha moída. Passar essa mistura na área afetada sem fazer muita pressão.
  • Colocar na região do golpe uma compressa de arnica, a qual se consegue facilmente em uma farmácia. Ou, ainda, elaborar seu remédio caseiro para as manchas roxas, cozinhando um punhado de folhas de arnica em um litro de água por 15 minutos.
  • Aplicar um cataplasma feito com maçã, da qual você deve retirar a casca e ralar, aplicando crua sobre a pele ou, ainda, cortando em pedaços (também descascada) e envolver em uma gaze fina antes de colocar sobre a região afetada.
  • Realizar um cataplasma de cebola. Aquecer um pedaço de cebola em uma frigideira e colocando em uma gaze, aplicar no local onde está lesionado e prender bem, pois assim deve permanecer por 4 a 5 horas.

manchas roxas”

As manchas roxas demoram algumas semanas para desaparecer completamente e existem pessoas mais vulneráveis a elas. Nesse período vai mudando a cor. A princípio é um tom avermelhado, depois se torna roxeado ou azulado e vai perdendo a cor e se tornando esverdeada ou amarela até que desaparece. Os níveis de uma lesão podem ir mudando segundo a idade ou a sensibilidade da pele da pessoa. Os mais velhos e aqueles que têm a pele muito branca são os que mais sofrem com as manchas roxas, devido aos seus vasos sanguíneos que são mais frágeis ou, ainda, porque a pele é mais sensível aos golpes e marcas.

Remédios naturais para os hematomas

  • Aplica, assim que tiver sofrido o golpe, compressas frias. Algumas pessoas colocam pedaços de gelo sobre a  área afetada. Também um pacote de legumes, desses que guardamos no freezer, pode ser um bom e rápido cuidado com a região afetada.
  • Umedecer um algodão com vinagre de maça frio e aplicar sobre a mancha fazendo um pouco de pressão (não muito para não doer).
  • Triturar algumas folhas de amendoeira frescas e adicionar um pouco de água para fazer um cataplasma, assim impedirá que se forme o hematoma. Aplicar logo depois de sofrer a “pancada”.
  • Colocar um punhado de folhas de anis em uma xícara de água fervente. Fechar e realizar um cataplasma, o qual deverá ser aplicado onde tenha recebido o golpe.
  • Colocar um punhado de folhas de melissa secas em um recipiente e cobrir com 250 ml de óleo de amêndoas. Deixar agir por 15 dias (mexendo diariamente) e depois coar. Derreter 25 gramas de cera de abelhas e aplicar duas cápsulas de vitamina E. Misturar com a preparação das folhas de melissa e conservar no refrigerador até que seja necessário usar.
  • hematoma 2
  • FONTE : ESTUDOS

domingo, 7 de setembro de 2014

Adolescente e a sua Sexualidade

A jovem adolescente amadurece em média dois anos antes do rapaz. Busca fortificar sua feminilidade, prorrogar os encontros sexuais e selecionar um parceiro adequado para poder ter sua primeira relação sexual, o que ocorre de forma gradativa. Vai experimentando seus limites progressivamente. Os rapazes buscam encontros sexuais com mais ansiedade, geralmente, persuadindo as garotas ao sexo com eles. Em nosso meio, há uma tendência do jovem em experimentar sensações sexuais com outros de sua idade, sem necessariamente buscar uma relação sexual propriamente dita. O termo que se usa atualmente é "ficar".
A perda da virgindade ainda é um marco importante para os jovens. É um rito de iniciação sexual, que pode ser vivenciado com orgulho ou com culpa excessiva, de acordo com a educação e tradição da família. Inicialmente, os jovens buscam apenas envolvimento sexual, testando suas novas capacidades e reações frente a sensações antes desconhecidas. É a redescoberta do corpo. Só depois procuram o envolvimento afetivo complementar passando a conviver não apenas em bandos, mas também aos pares.
A masturbação faz parte da vida das pessoas desde a infância e, na adolescência, se intensifica com a redescoberta de sensações, tanto individualmente quanto em dupla ou em grupo.
Os jovens podem apresentar algum tipo de atividade homossexual nessa fase, como exposição dos genitais, masturbação recíproca e comparação dos seios e dos genitais em grupo (comparação do tamanho do pênis, por exemplo), atividades estas consideradas absolutamente normais. A fortificação dessas condutas, com o abuso sexual por parte de um adulto de mesmo sexo ou com alta ansiedade perante o sexo oposto, pode desenvolver uma orientação homossexual definitiva nos jovens.
Em tempos da super informação, com a internet, a globalização, a pouca censura nos meios de comunicação de massa, há um apelo sexual freqüente e precoce, expondo os jovens a situações ainda não bem compreendidas por eles. Os adolescentes falam como adultos, querem se portar como tal e ter os privilégios da maturidade. No entanto, falta-lhes a experiência, a responsabilidade e o significado real de um envolvimento sexual. A gravidez de risco na adolescência, infelizmente, é um dos resultados desastrosos desta situação atual. A pouca informação qualificada e o precário respeito dos adultos perante as necessidades dos jovens são os verdadeiros responsáveis pelo falso e ilusório desenvolvimento do adolescente de hoje. A tendência para os jovens iniciarem a sua vida sexual mais cedo e não assumirem uma contracepção e uma prevenção eficaz contribui para o aumento desses riscos.
Por  isso  se faz  primordial  que  educadores e pais  construam  dialogos  sobre  o assunto .



FONTE : PESQUISAS



Substância retirada do ipê pode ajudar a tratar leucemia

Uma substância derivada de árvores do ipê pode ser o caminho para o tratamento de leucemias -- diferentes tipos de câncer que afetam os glóbulos brancos, células responsáveis pelo sistema de defesa do organismo. Pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) identificaram três moléculas capazes de atuar sobre glóbulos brancos cancerígenos, sem afetar as células saudáveis. A descoberta pode levar à criação de fármacos específicos para o tratamento de diferentes tipos de leucemias. O trabalho foi publicado na revista científica European Journal of Medicinal Chemistry.
Os pesquisadores criaram as moléculas da união do núcleo das células de outras duas substâncias e as testaram em quatro linhagens diferentes de leucemia, duas de linfoide aguda, mais comum em crianças e com prognóstico melhor; e duas de mieloide aguda, mais rara, mas responsável pelos casos mais graves. Dos 18 compostos criados, 3 se mostraram mais potentes e com seletividade maior - atacaram as células cancerígenas e, em menor grau, as células saudáveis. E, principalmente, tiveram comportamento diferenciado em relação às linhagens de leucemia. Uma delas se mostrou 19 vezes mais potente sobre células de leucemia linfoide do que sobre as de leucemia mieloide.
"É a primeira vez que se investiga as moléculas oriundas dessa estratégia de junção de núcleos em diferentes linhagens de leucemia. E o mais importante é conhecer esse perfil de atividade de acordo com a linhagem. A leucemia é um dos tipos de câncer que mais afetam crianças e por trás da palavra leucemia se esconde uma grande diversidade de doenças. O grande problema da terapia é a falta do medicamento específico para cada tipo de leucemia", afirma o farmacêutico Floriano Paes Silva Junior, chefe do Laboratório de Bioquímica de Proteínas e Peptídeos do IOC.
As moléculas foram preparadas pelo grupo coordenado pelos pesquisadores Fernando de Carvalho da Silva e Vitor Francisco Ferreira, da UFF, com base no núcleo das células de duas substâncias. Uma delas é derivada de um produto natural extraído do ipê. Esse núcleo pertence à classe química das quinonas. "O que nós queremos é matar as células malignas, mas as quinonas costumam ter baixa seletividade, ou seja, matam também as células saudáveis", disse Silva Junior.
Os cientistas combinaram, então, o núcleo da quinona com o de outra molécula, chamada triazol, que tem a capacidade de atingir somente as células cancerígenas. Silva Júnior ressalta que esse é o "primeiro passo" para a criação de um fármaco. Mas testes e análises ainda devem levar pelo menos dez anos. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

14 alimentos que atuam contra a gordura abdominal


14 alimentos que atuam contra a gordura abdominal
Com a chegada do calor e do verão, muitos se preocupam em poder ir à praia ou a uma piscina sem se preocupar com a estética do corpo.

Por isso, é vital que durante todo o ano mantenhamos uma boa alimentação para que todos aqueles alimentos que servem para acabar com as “gordurinhas” em pontos estratégicos, como o abdômen, não sejam deixados de lado.
A seguir, conheça quais são os melhores alimentos quando o assunto é perder a gordura abdominal de forma natural. Confira o artigo!

Alimentos mais recomendamos para auxiliar na queima da gordura abdominal

Quando pensamos em fazer uma dieta para eliminar a gordura do abdômen, a primeira coisa que nos vem a cabeça é fazer um regime restrito, onde não comamos nada durante horas, que façamos um sacrifício enorme. Porém, esse tipo de dieta nunca apresenta bons resultados.
Mas, as coisas não têm que ser assim, pois o ideal e recomendado é que mantenhamos uma alimentação saudável durante todo o ano, pois apenas assim os resultados serão espetaculares quando o verão chegar. Não há a necessidade de sofrimentos, e sim de que a dieta se resuma a aproveitar cada coisa a seu tempo e da maneira correta. A seguir, conheça a lista dos alimentos mais eficazes quando o objetivo é perder a gordura abdominal:
  • Iogurte grego: é uma alternativa deliciosa para emagrecer, pois contém o dobro de proteínas que os iogurtes comuns. É possível se beneficiar dessa iguaria porque o corpo precisa do dobro de esforço para digeri-lo, queimando muitas calorias no processo. Por sua vez, é bom porque minimiza a perda muscular ao queimar gorduras.
yogur
  • Quinoa: é um grande aliado no duro trabalho de perder gordura abdominal. Este grão é capaz de oferecer cinco gramas de fibra por xícara, além de ser considerado um “super alimento” devido ao seu alto teor de proteínas. A quinoa é rica em nutrientes como o ferro, o selênio, o zinco e a vitamina E, é antioxidante e pode ser consumido junto a vegetais, proteínas magras ou frutos secos.
  • Canela: serve para reduzir o apetite e oferecer mais sabor aos chás e infusões ou as sobremesas. Alguns estudos demonstraram que misturar ¼ de uma colher de dopa de canela nas refeições serve para acelerar vinte vezes mais o processo metabólico do açúcar no sangue, e por sua vez, diminuir os níveis dessa.
  • Pimenta: também chamada chili, assim como a pimenta caiena ou a pimenta vermelha, é ideal para quem quer perder peso. Isso devido ao seu alto teor de vitamina C, que é superior ao da laranja ou do limão. Além disso, também é antioxidante, acelera o metabolismo e permite que queimamos a gordura mais rápido. Também tem capsaicina, que diminui os líquidos do corpo e estimula a morte das células de gordura.
pimenta
  • Chá verde: as propriedades do chá verde para o organismo já são bem conhecidas, dentre elas podemos citar sua efetividade para controlar ganhos de peso, mesmo que seja em alimentações ricas em gorduras. Esse chá, tomando-se todos os dias, reduz a capacidade de absorvermos as gorduras dos alimentos e estimula, ao mesmo tempo, a queima de calorias e de gorduras acumuladas, principalmente no abdômen.
  • Laranja: essa fruta possui pouquíssimos carboidratos e é constituída por 90% de água. Além disso, é capaz de beneficiar as dietas devido a sua capacidade de agir diretamente no emagrecimento devido ao seu teor de ácido cítrico. É aconselhável comê-la em jejum pela manhã, será ótima para pessoas que sofrem de anemia, também regulará o colesterol e curará resfriados e gripes. Não deixe de tentar adicioná-la a algumas saladas, sucos e vitaminas.
  • Melancia: ela é majoritariamente composta por água, ocupando mais lugar no estômago e no intestino, o que causa a sensação de saciedade e nos impede de comer cada vez mais. Também é boa para evitar a ansiedade por comer, tem muitos nutrientes, todos com poucas calorias. Desfrute da melancia no verão, não apenas como sobremesa, mas também entre as refeições, será muito benéfico.
  • Pera e maçã: ambas as frutas têm propriedades similares, são ricas em água e ao mesmo tempo em pectina, composto útil para desintoxicar o organismo e evitar o colesterol ruim, dentre outras coisas. A pera é rica em cálcio, potássio e ferro, além de sódio em pequenas quantidades. A maçã, por sua vez, é diurética, oferece fibras e diferentes aminoácidos.
maca
  • Uva: e também as uvas passas, são ótimos alimentos desintoxicantes, perfeitas para consumir quando estamos de dieta. Dentre seus benefícios, podemos citar como principais a presença de vitamina B e potássio, que servem para controlar o colesterol. Além disso, ajuda a limpar o corpo graças à sua ação depuradora.
  • Vegetais crus: as verduras de folhas verdes, o salsão, a cenoura e o tomate, servem para satisfazer a ansiedade por comida, além de oferecer muita água e poucas calorias. Procure consumi-las cruas uma vez ao dia, assim será possível aproveitar de uma grande quantidade de vitaminas, fibras, minerais e antioxidantes, que costumam se perder durante o cozimento.
  • Café verde: o extrato de café verde ajuda a perder peso ao modificar o metabolismo, responsável por processar os alimentos. Isso acontece porque ele tem uma substância que evita que o corpo absorva as calorias que recebe das gorduras e dos carboidratos.
  • Ovo: ao adicionarmos dois ovos ao café da manhã diariamente, conseguiremos perder vários quilos. O ovo nos deixa muito saciados e evita que comamos entre as refeições, assim, chegamos com mais energia ao meio do dia.
ovo
  • Aveia: é rica em carboidratos complexos, proteínas e fibras, e contém um baixo índice glicêmico. Por sua vez, oferece gorduras insaturadas, potássio, cálcio, fósforo e magnésio, nutrientes essenciais para os músculos.
  • Cereal de grãos integrais: para uma nutrição correta, porém sem adicionar calorias, uma boa opção é incluir diariamente os grãos integrais em sua alimentação. Eles oferecerão fibras, zinco, vitamina E, magnésio e vitamina B6. Esses componentes previnem o desenvolvimento de doenças e, por sua vez, permitem reduzir as gorduras abdominais. Consuma grãos integrais em pães, pizzas, macarrões, sobremesas, etc.
FONTE  : ESTUDOS